Freguesia de Maiorga
Telefone - 262 583 244 / Email - jfmaiorga@sapo.pt

Lendas e Histórias

Lenda “A imagem da Santa”
Segundo a lenda, uma imagem da Senhora da Piedade fora encontrada nos campos do Valado dos Frades, localidade vizinha da Maiorga. De noite, um grupo de 18 homens da Maiorga foi buscá-la aos campos e colocou-a na igreja matriz. onde ainda hoje se encontra. Conta-se que este facto criou alguma rivalidade entre os lugares, ficando os maiorguenses conhecidos pela “Malta dos 18”.Lenda da ” lagarta “
A população trabalhava árduamente na agricultura até que um dia surgiu uma praga de lagartas que os agricultores se consideraram impotentes para combater, necessitando recorrer à fé.

Segundo diz a lenda foram em procissão com a imagem de Nª Sª da Piedade ao Alto do Coelho, local de onde se avistam todos os campos e de lá foram abençoados. No dia seguinte viam-se as lagartas a atravessar os canais e a deixarem os campos.

Os agricultores da Maiorga ainda hoje mantêm a devoção a esta Santa realizando-se festa em sua honra no 2º domingo de Julho com destaque para a procissão com sermão e benção dos campos, no mesmo local.

Lenda das “Águas Milagrosas “
A primitiva igreja de Maiorga dedicada a S. Vicente, situava-se na entrada da vila, mas foi completamente arruinada. Perto dessa Igreja havia uma fonte considerada milagrosa para doenças dos olhos. Havia um letreiro embutido na parede da Ermida que dizia: “Os muitos milagres que esta santa água faz em louvor de S. Vicente me obrigou a fazer esta fonte com Diogo da Horta e alguns devotos em 1604”.

“História do burro que toca o sino”
Antigamente o sino da igreja matriz tinha várias funções importantes para o quotidiano dos maiorguenses, desde “Avé Marias”, que marcava o fim do dia de trabalho nos campos, o repique como anúncio de festa, os sinais para comunicar a morte de alguém, até aos toques a rebate em situações de emergência (fogos ou outros). Para ser mais acessível existia uma corda presa no badalo do sino com uma vide na extremidade. Conta-se que um dia um burro andava pelo adro da igreja e ao comer a vide tocou o sino a rebate, chamando a população ao centro da aldeia, motivo de gargalhadas e de piropos, ficando a Maiorga conhecida pela terra “onde até o burro toca o sino”.

O Tempo

Mapa de Localização

Serviço Religioso

Missa Dominical

Maiorga - Igreja de S. Lourenço aos domingos às 9:15H.

 

Missas Semanais

Maiorga - Igreja de S. Lourenço - 4ª feira às 19:00H;

Bemposta - Capela de St.º António - sábado às 17:30H.

 

Atendimento / Cartório pelo P. José Dionísio

4ª feira - Igreja de S. Lourenço Maiorga - A partir das 18:00H.

Últimas Publicações